Arquivo de etiquetas: The Beach Boys

The Beach Boys – “Summer Tracks – 32 Classic Tracks”

PÚBLICO QUARTA-FEIRA, 15 AGOSTO 1990 >> Videodiscos >> Na Capa

SONHOS DE UM DIA DE VERÃO
Artigo coletivo, em que FM escreve sobre Beach Boys

Imaginámos a banda sonora de um dia perfeito de Verão. Começa às oito da manhã e termina às duas da madrugada. Claro que você poderá prolongar o horário, mas não se esqueça de que está de férias, precisa de descanso, por isso não abuse. As sugestões são variadas, como seria de esperar, vão do clássico ao popular, passando pelo intemporal e o erudito. São, no fundo, a maneira mais simples de ouvir as melhores sonoridades sem ter que dar voltas à cabeça…


12 horas para sempre

SUMMER DREAMS – 32 CLASSIC TRACKS
BEACH BOYS
Capitol



Evidente. Luminoso. Nem de propósito. A recente edição deste duplo álbum, contendo a grande maioria dos temas dos rapazes da praia que foram êxito na década de 60, vem recordar novamente duas coisas: o génio de Brian Wilson, confirmado como um dos mais inspirados compositores de sempre de melodias pop perfeitas, e a intemporalidade de uma música que mantém eternamente vivo o espírito do Verão. Brian descobriu o elixir da juventude. Ao som de “Fun Fun Fun”, “Wendy”, “Heroes and Villains”, “Surfin’ USA”, “Sloop John B.” e das eternas “Good Vibrations” (considerada por muitos a maior canção pop alguma vez escrita), o tempo para. Nada mais na nossa vida senão o mar, o sol e as longas horas em que o pensamento foge para lá do horizonte. Aquelas harmonias a quatro vozes permanecem connosco num lugar muito escondido, cheio de luz. Quantas vezes as cantámos? Quantas mais as voltaremos a cantar?

The Beach Boys – “Collection”

Pop-Rock, Quarta-Feira, 03.07.1991
Reedições


THE BEACH BOYS
Collection
LP duplo / CD, Capitol, ed. EMI – Valentim de Carvalho



Na prática a única diferença entre a colectânea agora editada e a do ano passado, “Summer Dreams”, é o rótulo de “anunciado na TV” que aquela ostenta, orgulhosa, na capa e o corte de algumas canções de carácter mais intimista. De resto é a lista de clássicos do costume, as notas (breves) em português e a embalagem saloia a puxar idas à Caparica, de “tijolo” às costas. Onde “Summer Dreams” procurava inserir-se num contexto nostálgico, de Verões perenes, passados ao sol de uma época e de uma Califórnia míticas, destacando a faceta de compositor genial de Brian Wilson, “Collection” vai mais pelo lado “gelado de limão”, procurando impor a imagem duns Beach Boys adeptos de uma filosofia de vida simplista, que compunham melodias facilmente trauteáveis, ideais como acompanhamento para os prazeres do “surf” ou de “flirts” de ocasião.

Não seria possível, por uma vez, trocar a jogada oportunista dos “hits” pela edição dos discos originais? Dito isto, as canções aqui colecionadas, quase todas tornadas “clássicos”, permanecem intocáveis. Daí a classificação atribuída.
****

Legenda:
. Imperdoável
* Mau Mau
** Vá Lá
*** Simpático
**** Aprovado
***** Único