Imagens de cabeçalho aleatórias... Recarregue a sua página para ver mais!

Domótica – Montagem e Colocação em Serviço de Instalações Automatizadas com Sistemas de Bus KNX/EIB – Tutorial – parte 2/2

Curso Profissional de Electrónica, Automação e Comando
Disciplina de Automação e Comando
Módulo de Domótica

Este tutorial é composto de duas partes. Esta é a segunda.

Na primeira será referido como se procede à montagem de instalações automatizadas e que utilizam o sistema de bus KNX/EIB. Serão mencionadas algumas das regras mais importantes a respeitar, e serão apresentadas algumas dicas práticas.
Num segundo artigo serão apresentados vários exemplos de circuitos domóticos, de controlo de iluminação, de persianas e toldos, de aquecimento e ar condicionado, de controlo de cargas, alarmes, de monitorização do sistema, etc.

O índice deste tutorial em duas partes vai já aqui abaixo.

Mais tarde publicaremos um tutorial complementar a este, em que serão executados os projectos correspondentes aos exemplos do presente tutorial, em software específico, o ETS-3.

Estejam pois atentos.

E – Instalação e Montagem do Controlo de Iluminação

Pretende-se realizar a instalação de iluminação de uma vivenda, de forma a que em cada quarto se possa acender e apagar a iluminação através de um botão de pressão simples; na sala de estar deve poder-se acender, apagar e regular a iluminação, e no corredor a iluminação acender-se-á e apagar-se-á cada vez que houver movimento. Durante o dia a iluminação do corredor nunca se acenderá, mesmo que haja movimento.

– Funcionamento da Instalação

. Botão de Pressão dos Quartos

Na parte superior da tecla, a cada impulso acender-se-á ou apagar-se-á a iluminação central da divisão.

Na parte inferior da tecla, a cada impulso acender-se-á ou apagar-se-á a iluminação dos apliques colocados nas laterais da cama.

. Botão de Pressão da Sala de Estar

Na parte superior da tecla, a cada impulso curto, acende-se a luz, e com um impulso longo regula-se a iluminação de forma ascendente, isto é, cada vez mais iluminação.

Na parte inferior da tecla, a cada impulso curto, apaga-se a luz, e com um impulso longo regula-se a iluminação de forma descendente, isto é, cada vez menos iluminação.

. Botão de Pressão da Entrada

Actuando na parte superior e inferior da tecla, apagam-se todas as luzes da vivenda.

. Detector de Movimento

O funcionamento deste elemento ajustar-se-á de forma a que apenas detecte o nível de luz baixo, isto é, quando o ambiente está escuro, e também ajustaremos o tempo em que a iluminação deverá permanecer acesa depois de acender por detecção de movimento.

Figura 5 – Controlo de Iluminação

. Saída Binária

Instalaremos uma saída por cada divisão, para efectuar o ON/OFF da (toda) iluminação.

Actuador regulador (dimmer): instalar-se-á na sala para poder regular a iluminação.

Devemos escolher os componentes do fabricante ou fabricantes desejados, cablar tudo, criar os grupos funcionais e, posteriormente, programar a instalação, o que se fará com o ETS-3.

– Endereços de Grupo

0/1 ON/OFF Lâmpada de Quarto 1
0/2 ON/OFF Lâmpada de Quarto 2
0/3 ON/OFF Lâmpada de Sala de Estar
0/4 REGUL Lâmpada de Sala de Estar
0/5 ON/OFF Lâmpada de Corredor
0/6 OFF Apagamento Geral

Figura 6 – Controlo do Aquecimento

F – Instalação e Montagem do Controlo do Aquecimento

Pretendemos realizar a instalação de um sistema de aquecimento de uma vivenda, em que cada divisão terá um radiador que será controlado por um termostato e uma electroválvula, que manterão a temperatura a 22⁰ durante o dia e a reduzirá 3⁰ durante a noite, para poupar energia. Quando sairmos durante vários dias seguidos, manteremos uma temperatura de 7⁰ como protecção da instalação contra a geada.

Quando se abre alguma janela, o radiador correspondente a essa divisão deverá de imediato desligar-se.

A escolha da temperatura desejada será controlada por um botão de pressão quadrúpulo ou então através de um relógio programador. Desta forma, poderemos ligar e desligar o aquecimento manualmente.

– Funcionamento da Instalação

. Botão de Pressão Quádrupulo

A cada um dos quatro botões de pressão atribuiremos as seguintes funções:

P1: temperatura de conforto – Quando actuarmos este botão, todos os termostatos se ajustarão a 22⁰
P2: temperatura de noite – Quando actuarmos este botão, todos os termostatos se ajustarão a uma temperatura 3⁰ abaixo da temperatura de conforto
P3: temperatura anti-geada – Quando actuarmos este botão, todos os termostatos se ajustarão para os 7⁰ de temperatura
P4: Ligar ou desligar a caldeira de aquecimento.

. Saída Binária

Instalaremos uma saída por habitação, que controlará, no modo ON/OFF, a electroválvula, e outra para a caldeira.

. Entrada Binária

Instalaremos uma entrada por habitação, que detectará a abertura de janela, através de um contacto, e enviará a ordem ON/OFF à saída binária para o controlo da electroválvula, cada vez que se abra a janela.

. Termostato

Instalar-se-á um termostato em cada divisão, que controlará o nível de temperatura de cada divisão e enviará as ordens de ON/OFF (ligar/desligar) à saída binária do seu radiador.

Devemos escolher os componentes do fabricante ou fabricantes seleccionados, estender o cabo, criar os grupos funcionais e, depois, programar a instalação no ETS-3.

– Endereços de Grupo

0/1 ON/OFF Radiador da Divisão 1
0/2 ON/OFF Radiador da Divisão 2
0/3 ON/OFF Caldeira de Aquecimento
0/4 ON/OFF Radiador da Divisão 1 com Janela Aberta
0/5 ON/OFF Radiador da Divisão 2 com Janela Aberta
0/6 ON/OFF Selecção de Temperatura anti-geada 7⁰
0/7 ON/OFF Selecção de Temperatura noite 19⁰
0/8 ON/OFF Selecção de Temperatura conforto 22⁰

G – Instalação e Montagem do Controlo das Persianas

Desejamos realizar uma instalação de persianas motorizadas e respectivo controlo, na vivenda, de forma a que cada persiana possa ser comandada individualmente, quer quanto à sua subida e descida, quer quanto ao ajuste da lâminas, tudo através de um botão de pressão simples.

Quando a velocidade do vento for muito grande, todas as persianas devem baixar automaticamente, como medida de segurança.

Também será possível poder subir e baixar todas as persianas, uma de cada vez, ou em grupos, de forma centralizada, através de outro botão de pressão.

– Funcionamento da Instalação

. Botão de Pressão Simples e Individual

Permitirá subir e descer a persiana e também o ajuste das lâminas. Com um impulso curto na parte superior e inferior da tecla, regulam-se as lâminas; com um impulso longo na parte superior da tecla, sobe a persiana, e com um impulso longo na parte inferior da tecla, baixa a persiana.

. Botão de Pressão Simples Centralizado

Através deste botão enviar-se-á uma ordem centralizada de subida ou descida de todas as persianas da vivenda.

. Entrada Binária

Na entrada binária ligaremos um anemómetro (produto KNX/EIB) que, quando detectar uma velocidade elevada de vento, enviará uma ordem para baixar todas as persianas da vivenda.

. Actuador de Persianas

É o componente que controla os motores das persianas. Instalar-se-á um por persiana e receberão as ordens dos diferentes sensores para a sua actuação em conformidade. Devemos escolher os componentes do fabricante ou fabricantes desejados, cablar a instalação, criar os grupos funcionais e, posteriormente, programar a instalação com o ETS-3.

– Endereços de Grupo

0/1 Subir/Descer Persiana do Quarto 1
0/2 Subir/Descer Lâminas do Quarto 1
0/3 Subir/Descer Persiana da Sala de Estar
0/4 Subir/Descer Lâminas da Sala de Estar
0/5 Baixar Todas as Persianas
0/6 Baixar Todas as Persianas

Figura 7 – Controlo de Persianas


H – Instalação e Montagem do Controlo de Alarmes Técnicos

Queremos efectuar o controlo de alarmes técnicos de uma vivenda, tais como a “fuga de gás”, a “fuga de água”, que provocarão o corte do respectivo abastecimento e sinalizarão o seu estado problemático. Uma vez cortado o abastecimento, a reposição do serviço só poderá ser feita de forma manual, de forma a que asseguremos que a origem do problema já foi reparada.

– Funcionalidades da Instalação

. Entrada Binária

Na vivenda instalar-se-á um sensor de inundação e um detector de gás, ambos produtos KNX/EIB, que se ligarão a uma entrada binária do sistema, de modo a que quando detectarem alguma fuga enviarão uma ordem de corte de abastecimento à correspondente saída binária.

. Saída Binária

Ligar-se-ão duas electroválvulas de água e gás, assim como a respectiva sinalização luminosa e sonora.

. Botão de Pressão Simples

A reposição do sistema realizar-se-á através de um botão de pressão simples que, ao premir a tecla na sua parte superior, liga a electroválvula de gás, e na parte inferior, liga a electroválvula da água.

Devemos escolher os componentes do fabricante ou fabricantes desejados, cablar a instalação, criar os grupos funcionais e, posteriormente, programar a instalação com o ETS-3.



Figura 8 – Controlo dos alarmes técnicos

– Endereços de Grupo

0/1 OFF Electroválvula da Água e
ON L1 de Sinalização
0/2 OFF Electroválvula de Gás e
ON L2 de Sinalização
0/3 ON/OFF Electroválvula da Água
0/4 ON/OFF Electroválvula do Gás

Posts Relacionados:

1 comentário

1 António Yohiquengue Tchiwale { 03.04.13 at 9:42 }

EXPERO QUE RECEBO INFORMAÃES DESTE TIPO SUBRE TUDO MATERIA DE AUTOMAÇÃO DE ELECTRICIDADE.

Deixe-nos um comentário