Imagens de cabeçalho aleatórias... Recarregue a sua página para ver mais!

Domótica – Curso Prático – parte 5/15

Utilização de Temporizadores e Comandos à Distância, no X10

Um temporizador X10 (figura abaixo) parece-se muito com um relógio despertador digital. Só que em vez de o acordar a si, “acorda” os dispositivos X10, isto é, liga-os e desliga-os a horas precisas.
O exemplar que vemos, consegue controlar até 8 dispositivos de forma interactiva ou até 4 dispositivos através do seu relógio interno.

O que conseguem fazer estes temporizadores X10

– Ligar e desligar um dispositivo particular
– Regular a luminosidade de uma lâmpada incandescente que esteja ligada a um módulo lâmpada X10 ou a um interruptor de iluminação X10
Ligar todas as lâmpadas que utilizem o mesmo código-casa do temporizador e estejam ligadas a módulos lâmpada ou interruptor X10
Desligar todos os dispositivos (lâmpadas e electrodomésticos) que utilizem o mesmo código-casa do temporizador
– Ligar e desligar dispositivos particulares a horas previamente programadas
– Ligar ou desligar todos os dispositivos controlados pelo temporizador, a horas previamente programadas

Preparação necessária para usar o Temporizador

– Saber que dispositivos pretende controlar
– Saber que código-casa utilizam esses dispositivos
– Saber que código-unidade é utilizado por cada dispositivo
– Saber que tipos de módulos estão a ser usados pelos dispositivos em causa

Precisa de identificar todos os dispositivos que pretende controlar, de forma a estabelecer prioridades. Isto porque, apesar do temporizador poder controlar até 8 dispositivos, apenas consegue controlar até 4 duma forma programada no tempo (temporizada). Assim, tem de decidir quais os dispositivos mais importantes, isto é, aqueles que poderão ser programados com base no tempo/horário de ligar e/ou desligar.

Precisará pois de identificar os códigos-unidade utilizados por todos os dispositivos. Os Mini-Timers conseguem controlar apenas os códigos-unidade 1 a 4 e 5 a 8.

Depois, convém fazer uma tabela onde registará todas as suas opções. Uma coisa do tipo:



Configuração do Mini-Temporizador X10

– A primeira coisa a fazer é instalar a bateria, normalmente uma alcalina de 9 Volts (ver figura)
A função desta bateria é manter as configurações mesmo que falte a energia eléctrica ou desliguemos o temporizador momentaneamente da tomada.

– Ligar o Mini-Temporizador à tomada
– Acertar a hora. Para isso seleccione, com o Comutador de Modo, a posição Set Clock/Configurar Relógio (veja figura seguinte). De seguida utilize os botões de horário para acertar o relógio pela hora actual.

– Mude o modo para Run
– Experimente o temporizador de modo interactivo, isto é, utilize-o para ligar e desligar algumas (ou todas de uma vez com o botão apropriado) lâmpadas/electrodomésticos, de forma a assegurar-se que o aparelho consegue comunicar com os dispositivos a serem comandados.

Utilização do Controlo Temporizado/Programado

Depois de se ter assegurado que o seu Mini-Temporizador funciona, vamos então ver como se programa.
Este tipo de dispositivos podem ligar e desligar um dispositivo a uma hora certa todos os dias, ou a horas aleatórias dentro de um período indicado por si (modo de segurança, para dar ideia que estão pessoas em casa, quando em férias, por exemplo).

Como exemplo, vamos programar as lâmpadas de átrio com o código-unidade 2 para acenderem automaticamente às 18h e desligar às 23h, todos os dias. Então os passos são:
– Assegure-se que as lâmpadas de átrio estão configuradas com o mesmo código-casa do temporizador e que o seu código-unidade é o 2
– Mude o modo do temporizador para Prog Set (veja figura seguinte)
– Pressione o botão Time até ele avançar para as 18h
– Pressione o botão ON correspondente ao código-unidade 2. O display piscará durante algum tempo
– Pressione o botão Time para avançar até às 23h
– Pressione o botão OFF correspondente à unidade 2
– Mude novamente o dispositivo para modo Run, usando o comutador de modos

Com este tipo de Mini-Temporizadores conseguirá apenas programar 2 comandos de on e dois comandos de off para código-unidade. No nosso caso, por exemplo, além do que fizemos, conseguirá ainda programar as mesmas lâmpadas de átrio para acender e apagarem de manhã, por exemplo 6h – 9h

Seleccionar um Evento para acontecer apenas Uma vez

Pode-se fazer isso pressionando o botão Once / Uma Vez durante o processo de programação do Mini-Temporizador X10. Por exemplo, suponhamos que deseja ligar a iluminação da sua árvore de Natal às 5.00 do dia de Natal para cumprimentar os seus filhos quando eles descerem as escadas à pressa para ver as prendas:
– Assegure-se que o módulo usado com a árvore de Natal está configurado com o mesmo código-casa do temporizador e que sabe o seu código-unidade. Suponhamos que este último é 1.
– Ponha o selector de módulo do temporizador para Prog Set (veja figura seguinte)
– Pressione o botão Time até ele chgar a 5h00
– Pressione o botão On corrrespondente ao código-unidade 1 e, em seguida, pressione o botão Once (veja figura seguinte) durante 4 segundos. O display deverá piscar durante alguns momentos
– Volte a colocar o selector de modo na posição Run

Utilização da Funcionalidade de Segurança

Para alterar o momento de ligar ou desligar de um determinado módulo, pressione o botão Security do mini-temporizador durante 4 segundos, depois de ter seleccionado On ou Off durante a programação.
Por exemplo, para variar a hora de ligar as luzes do átrio:
– Assegure-se que as lâmpadas do átrio estão configuradas com o mesmo código-casa do mini-temporizador e com o código-unidade 2
– Coloque o Slectro de Modo na posição Prog Set (veja figura seguinte)
– Pressione o botão Time até a hora chegar a 18h00
– Pressione o botão On correspondente ao código-unidade 2 e pressione o botão Security durante 4 segundos (ver figura seguinte). Este procedimento configura o tempo programado para variar a hora anteriormente programada
– Pressione o botão Time até a hora avançar até às 23h30
– Pressione o botão Off do código-unidade 2 para apagar o desligar da unidade às 7h00 e depois pressione o botão Time durante 4 segundos. Este procedimento configura a hora de desligar para variar das 23h00 anteriormente programadas
– Volte a colocar o Selector de Modo para Run

Funcionalidades Dormir, Despertar e Snooze

Utilize o botão Sleep (veja figura seguinte) para ligar e desligar um determinado código-unidade durante 15 minutos (ou múltiplos deste tempo). Para ligar um dispositivo por 15 minutos, pressione o botão On correspondente ao respectivo código-unidade, e depois pressione o botão Sleep durante 4 segundos.
Em seguida pressione o botão Sleep duas vezes para o colocar On durante 30 minutos, e assim sucessivamente.
Para desligar um determinado dispositivo durante 15 minutos, pressione o botão Off do correspondente código-unidade e depois pressione o botão Sleep durante 4 segundos. Pressione o botão Sleep duas vezes para o desligar durante 30 minutos, e assim sucessivamente.
Apenas um máximo de 2 dispositivos podem ser controlados pelo controlo Sleep em simultâneo.

O selector deslizante Wake Up (ver figura seguinte) dispara um besouro quando um comando On é enviado para o código-unidade 1 ou para o 5. Pode usar esta característica para fazer funcionar o seu mini temporizador como despertador.
Por exemplo, ligue as suas lâmpadas do quarto para o código-unidade 1 ou 5, programe o código-unidade 1 ou 5 para receber um comando On às 6h30, e se o Wake Up estiver On, as luzes do quarto acender-se-ão às 6h30 e o besouro do mini temporizador soará.

Nos fins de semana, deixe o Wake Up na posição Off e o besouro não tocará. Para desligar o besouro e o módulo com o código-unidade 1 ou 5, coloque o selector do besouro em Off e mude o selector de modo para Set Clock. No fim do fim de semana, mude o selector Wake Up para On (isto activa de nvo o besouro) e o selector de modo novamente para Run.

Quando o besouro tocar e o dispositivo no módulo com o código-unidade 1 ou 5 disparar, pressione qualquer tecla do mini temporizador para desligar o besouro por 10 minutos (Snooze).

Comando à Distância X10 Universal – Sim! É Possível!

Se não pretende polvilhar a sua casa de mais comandos remotos e usa o X10 de forma interactiva, talvez o melhor seja utilizar um vulgar comando à distância universal para controlar os seus dispositivos X10 e todos os outros “normais” (televisão, leitor de DVD, etc.)
À primeira vista pode parecer estranho, uma vez que, como já sabemos, o X!0 usa a rede eléctrica para transportar os seus sinais, enquanto os comandos normais funcionam por infravermelhos.
Todavia há comandos que permitem a s duas funções (veja um exemplo na figura seguinte).

Configurar um Comando À Distância Universal

– Ligar a TV ou outro aparelho electrónico que deseje controlar com o comando universal
– Pressionar e manter pressionado o botão SETUP (ver figura seguinte) até que o LED vermelho acenda e permaneça acesso sem piscar
– Largar o botão SETUP
– Pressionar e manter pressionado o botão correspondente ao aparelho a controlar. Por exemplo, para a TV, o botão TV
– Digitar o código de três dígitos correspondente à sua TV (o seu manual deve ter lá isso). Depois de ter digitado o último dígito, o LED vermelho deve ter-se apagado
– Aponte o comando remoto para o dispositivo (TV) e pressione o botão POWER. Se o televisor se desligar, continue para o passo seguinte
– Aponte o comando novamente para a TV e pressione de novo POWER. O televisor deve ligar-se
– Pressione CHANNEL +. Se o dispositivo responder, é sinal que programou o comando para esse dispositivo (TV) com sucesso.
Se houver alguma coisa que falhe, inicie o processo.

Este comando vem preparado para funcionar com dispositivos X10 utilizando o código-casa A.
SE o quisermos mudar:
– Pressione o botão X10 (veja a figura seguinte)
– Pressione e mantenha pressionado o botão SETUP até que o LED acima dos botões TV e VCR comece a piscar
– Digite o número correspondente aos códigos-casa indicados na tabela seguinte
– Pressione ENTER para guardar o novo código-casa

Utilização do Controlo Remoto para Controlar os Aparelhos de Entretenimento

Depois de ter configurado o controlo remoto para trabalhar com a sua televisão e outra aparelhagem, ele funciona como qualquer outro comando remoto a que está habituado. Pressione o botão do dispositivo que quer controlar, por exemplo a TV, e depois pressione o botão correspondente ao comando que pretende enviar. Por exemplo para ligar a TV e mudar para o canal 7:
– Pressione o botão TV
– Pressione o botão POWER
– Pressione o botão 7
– Pressione ENTER

Utilização do Controlo Remoto com Dispositivos X10

– Pressione o botão X10
– Pressione o código-unidade do dispositivo que deseja controlar. Por exemplo, se deseja comandar um dispositivo que utilize o código-unidade 11, pressione a tecla 1 duas vezes
– Para ligar o dispositivo, pressione o botão CHANNEL +. Para desligar, pressione o botão CHANELL –
– Para regular a intensidade luminosa de uma lâmpada ligada a um módulo lâmpada ou interruptor, pressione o botão VOLUME + ou VOLUME -, conforme pretenda aumentar ou diminuir a luminosidade
– Para ligar todas as lâmpadas ligadas a módulos lâmpada ou interruptor com o mesmo código-casa, pressione o botão POWER
– Para desligar todos os módulos X10 (incluindo os electrodomésticos) com o mesmo código-casa, pressione o botão MUTE (M)

Maio 11, 2010   Não há comentários

Domótica – Curso Prático – parte 4/15

Utilização do X10 no Controlo de Aparelhos Eléctricos (Electrodomésticos)

Podemos controlar quase todos os aparelhos eléctricos desde que escolhamos o tipo certo de módulo.
– Para aparelhos até 15A devemos usar o módulo que liga na tomada, que existe em duas versões: a dois fios e com terra. Existem ainda módulos que permitem efectuar um “by-pass”, isto é, que têm eles próprios uma ficha à qual pode ser ligado um aparelho que não será controlado pelo sistema X10, ou seja, como o módulo ocupa a tomada então providencia uma “tomada” para compensar essa ocupação.
Este tipo de módulo suporta até cerca de 400 a 500W.

– Para aparelhos até 20 A, e para aparelhos que estão semi-permanentemente ligados (ar condicionado, por exemplo), devemos usar módulos tomada que serão montados numa caixa de tomada, em sua substituição.
– Para aparelhos permanentemente ligados, motores, lâmpadas fluorescentes, deve usar-se módulos interruptor X10 próprios para aparelhos, também chamados de interruptores-relé

Em que medida são diferentes os Módulos Aparelho dos Módulos Iluminação/Lâmpada

– Suportam iluminação
Os módulos aparelho não suportam “dimming”, mesmo se usados com lâmpadas incandescentes ou outras lâmpadas que suportem “dimming”.
Os módulos aparelho não respondem a comandos do tipo “todas as lâmpadas acesas” mas respondem a “todas os dispositivos desligados”
Apesar disto, apresentam vantagens:
. Podem ser usados com lâmpadas fluorescentes;
. Podem ser usados para controlar uma combinação de ventoinhas e lâmpadas;
. Podem ser usados com lâmpadas incandescentes de maior potência do que os módulos lâmpada.

– Suportam Cargas Eléctricas
Estão preparados para lidar com cargas resistivas e motores, ao contrário dos módulos lâmpada.

– Programabilidade
Habitualmente podem ser programados usando os tradicionais códigos “casa” e “unidade” e são desenhados para apenas receberem sinais X10. Existem no entanto modelos que suportam comunicação nos dois sentidos, o que é indispensável se os estiver a comandar via Internet.
Também suportam “cenários”.

Instalação dos Módulos Aparelho

– Ligue o aparelho a uma tomada que esteja por perto;
– Assegure-se que o interruptor de energia está ligado;
– Desligue o aparelho da tomada;
– Ligue o aparelho ao módulo;
– Ligue o módulo à tomada;
– Seleccione os códigos “casa” e “unidade”;
– Se necessário, configure o controlador de mesa ou o controlador remoto para controlar os códigos “casa” e “unidade” do módulo. Se usar um comando remoto, o módulo, o transceiver, e o controlo remoto devem ter todos o mesmo código “casa”;
– Ligue o módulo através do comando.

Configurando os Códigos “casa” e “unidade” com um Controlo Remoto X10

Se o seu módulo aparelho não tiver selector de códigos “casa” e “unidade”, consulte as instruções para saber como se podem configurar esses códigos. Certos módulos, por exemplo, devemos pressionar o botão Set no módulo e depois usar o controlo remoto, controlador de mesa ou interface de computador para enviar os códigos.
A figura seguinte ilustra este processo.

Instalação de Interruptores de Parede X10 para utilização com Aparelhos

O processo de instalar interruptores de parede para serem usados para comandar aparelhos eléctricos é similar ao processo que já foi descrito na lição anterior. Contudo, os interruptores de parede são tipo relé e têm sempre necessidade de se lhes ligar o fio neutro, pelo que este deve ser puxado de uma caixa de derivação, se não existir na caixa de aparelhagem onde se vai instalar o interruptor de parede X10.
Para instalar o novo interruptor de parede X10 siga os passos:
– Ligue o fio condutor de fase da caixa de aparelhagem ao terminal de fase do interruptor X10;
– Ligue o fio condutor de neutro da caixa de aparelhagem ao terminal de neutro do interruptor X10;
– Ligue o fio condutor de fase comutada da caixa de aparelhagem ao terminal correspondente no interruptor X10;
(veja as instruções do fabricante para saber quais os terminais correspondentes no interruptor X10).

Instalação de Tomadas X10

Esta operação é mais complicada que as anteriores devido a:
– Os fios condutores para as tomadas são mais grossos e mais rígidos do que os usados para os interruptores;
– Vai usar fios condutores de fase, neutro e terra, em vez de fase, neutro e fase comutada;
– É possível que encontre tomadas mal ligadas, com os fios de fase e neutro trocados;
– Apesar de mesmo com estes condutores trocados o módulo tomada X10 funcionar isso é um potencial perigo de segurança e de provocar acidente de fogo;
– O módulo tomada utiliza a maioria do espaço disponível na caixa de aparelhagem o que deixa pouco espaço para os fios;
– Quando empurra o módulo para o interior da caixa, depois e ligado, deve ter muito cuidado para não ferir o isolamento de nenhum condutor, o que, a acontecer pode ser perigoso e provocar curto-circuitos;

Sugere-se pois que utilize um modelo módulo de aparelho daqueles que encaixam numa tomada já existente, como explicado atrás, mas se decidir instalar um módulo tipo tomada deverá ter o máximo cuidado.

Para instalar um módulo aparelho tipo tomada:

– Configure os códigos “casa” e “unidade” no selector apropriado;
– Desligue a alimentação no disjuntor correspondente do quadro eléctrico;
– Utilize um detector de tensão para se assegurar que a alimentação está mesmo desligada;
– Retire a tomada existente;

– Ligue o fio condutor de fase (preto), neutro (azul) e terra (verde e amarelo) aos correspondentes terminais do módulo tipo tomada X10;
– Empurre os fios para o fundo da caixa;
– Fixe o módulo tipo tomada à caixa de aparelhagem da mesma maneira que estava a tomada eu substituiu;
– Ligue a alimentação;
– Ligue o aparelho que quer controlar ao módulo X10;
– Utilize o comando remoto para ligar e desligar o aparelho através do módulo.

Instalação de Módulos Aparelho X10 do tipo Relé

Para instalar um módulo destes, como o da figura acima, veja as instruções. Terá de ligar este módulo aos fios condutores que estão ligados ao aparelho que pretende controlar.

Março 9, 2010   Não há comentários

Domótica – Curso Prático – parte 2/15

Porquê usar o X10?
Comparado com outros sistemas o X10 apresenta as seguintes vantagens:
– A maioria dos módulos e outros dispositivos pode ser montado por qualquer pessoa;
– Os produtos X10 são os mais baratos;
– O X10 é um sistema modular, o que quer dizer que podemos ir comprando o que precisamos e quando precisamos;
– O X10 pode ser controlado com base em temporizações;
– O X10 pode operar remotamente, através do telefone e do PC (internet);
– O X10 pode ser programado, criando cenários no PC, em software próprio.

Como Funciona um Sistema X10

Click to continue reading “Domótica – Curso Prático – parte 2/15”

Abril 7, 2009   Não há comentários