Imagens de cabeçalho aleatórias... Recarregue a sua página para ver mais!

Montando os nossos próprios Módulos Solares Fotovoltaicos (Parte 3/6)

[…continuação]

Soldadura das Células Solares

A maioria das células disponíveis comercialmente são projectadas para ter contactos e fios soldadas nelas.
Para além disso muitos fabricantes estanham, ou cobrem com solda, os pontos de contacto onde os fios devem ser ligados.
Solda normal (60% estanho e 40% de chumbo)pode ser usada.
Quanto ao ferro de soldar, um pequeno ferro do tipo lápis, de cerca de 35 a 40W é o suficiente.
O processo de soldar as peças de cobre à célula não é difícil, mas “Faça o seu LOGIN para ver o resto deste post”
[hide for=”!logged”]requer que seja feito de forma rápida com o ferro quente.
Primeiro, é muito importante que as duas superfícies a soldar estejam bem limpas. Deverá pois limpá-las com uma cotonete de algodão embebida em álcool e depois deixar secar a superfície antes de soldar.
Algumas células têm os dedos da parte frontal cobertos com um produto anti-reflexo. Se for esse o caso tem de o retirar, o que pode ser feito usando uma borracha de lápis normal, retirando assim essa cobertura apenas na zona onde se vai soldar, até ficar com um brilho metálico.
Quando soldar, pressione firmemente (veja figura anterior) a célula, mas não exagere pois pode parti-la.
Primeiro deve colocar solda na tira de folha de cobre em todo o seu comprimento, excepto na zona onde ela irá depois entrar em contacto (ser soldada) à célula seguinte, de forma a aumentar a flexibilidade.
É melhor soldar primeiro todas as peças de folha de cobre aos lados da frente (dedos) de todas as células…
… Depois colocar todas as células viradas ao contrário, sobre um superfície dura, na forma final, isto é, na forma desejada para o módulo, alinhando-as bem. Deve até fixar esse arranjo com pequenos pedaços de fita-cola, de forma a que as células não se desalinhem durante o processo da soldadura.
Depois então deverá soldar as tiras às partes traseiras das células.
As células do extremo do módulo devem ficar com a tira de folha de cobre respectiva a sair cerca de 1 cm para o exterior, de forma a podermos depois ligá-las ao circuito externo.

Construção de um Módulo Plano

Uma maneira simples de providenciar protecção às células é colocá-las dentro de uma caixa de acrílico.
Essa caixa terá uma tampa amovível que é presa com parafusos e selada com silicone em gel.
Deste modo, com esta protecção, o painel/módulo solar funcionará em pleno durante cerca de 15 anos, em média.

Projectar a Caixa

O primeiro passo é desenhar/projectar a caixa que vai conter o painel.
Para um módulo de 32 células, dever-se-á usar 4 linhas de 8 células cada, embora sejam admissíveis outros arranjos, conforme o local onde será colocado.
Essas linhas de células devem ficar separadas umas das outras por fitas de acrílico finas, que fazem assim com que as linhas de células fiquem separadas umas das outras sem ser preciso prendê-las à caixa, além de suportarem a tampa de forma a que esta não possa ser empurrada para dentro e danificar as células.
Agora é calcular o tamanho da caixa.
Para isso, o melhor é colocar as células no sítio onde vão ficar, sobre o painel de acrílico inferior e medir então, deixando cerca de 1 cm entre cada linha e outro 1cm em cada extremo.
Veja a figura seguinte:

[continua…]
[/hide]

Posts Relacionados:

0 comentários

Ainda não há comentários...

Mande uns "bitaites" preenchendo o formulário abaixo.

Deixe-nos um comentário