Arquivo de etiquetas: Na Gaits

Na Gaits – Nova Revista de Música Tradicional –

Sons

19 de Setembro 1997

Nova revista de música tradicional
“Onde os sonhos ainda são possíveis…”


ng

Chama-se “Na Gaits” uma nova revista exclusivamente dedicada à música tradicional, mas não só, da Galiza. “Na Gaits” vem ocupar o lugar deixado vago por “A Ghaita”, entretanto desaparecida. A nova publicação, a cores e com razoável impressão, tem sede em Vigo, sendo seu diretor Carlos Corral, antigo elemento do grupo Trisquel e que hoje integra uma nova formação da folk fusionista, os Valigai.
No primeiro editorial de “Na Gaits”, Corral esclarece que a revista vai centrar-se, sobretudo, “na música tradicional e folk da Galiza” (repare-se na distinção!), estando aberta à participação ativa dos leitores, através de cartas, artigos de opinião ou, simplesmente, de anúncios de compra e venda.
Folheemos então as 42 páginas do número zero da recém-chegada. Logo a seguir a uma página de notícias breves, surge a primeira entrevista, com Rodrigo Romani, harpista dos Milladoiro. A Música nos Locais é um espaço da responsabilidade do “pub” Cafe Dublin, de Vigo, onde ainda recentemente os Chieftains gravaram um tema do seu álbum “Santiago”. Comic é uma prancha de BD infantil de caráter pedagógico: neste número, uma pequena introdução aos principais instrumentos tradicionais tocados na Galiza.
A “gaita” ocupa, como é óbvio, lugar de destaque. “Um elemento da Real Banda” assina a crónica da deslocação deste agrupamento ao Japão, acompanhada pela partitura de uma apropriadamente intitulada “Muiñeira do Sol nacente”. Interessante o artigo sobre “Fotografia na música”, a anteceder a segunda entrevista, com Anxo Pintos – o genial Anxo Pintos, acrescentamos nós –, multinstrumentista dos Berrogüetto, que, ainda há bem pouco, atuaram em Portugal no festival Intercéltico.
Depois de mais três páginas de partituras (a provar que os músicos e estudantes não são esquecidos, bem pelo contrário…), temos a reportagem do megafestival, talvez o maior em duração, sem dúvida um dos principais em importância, “Celtic Connections”, realizado este ano em Glasgow, na Escócia, entre 15 de Janeiro e 2 de Fevereiro, e onde atuaram dezenas dos nomes mais sonantes da música atual de raiz celta. “Um reino onde os sonhos ainda são possíveis”, capaz de transformar uma vida.
Deparamos em seguida com uma análise ao livro dedicado ao gaiteiro Manuel Lorenzo Barxa (1878-1959), “Un Gaiteiro Ferrolán á Antiga Usanza”. Um álbum de fotos antigas reavivará, por certo, a memória de alguns. Os construtores aprendizes dispõem de uma lição sobre como construir um “pallón” (palheta do bordão da gaita-de-foles). Com tantos detalhes, esquemas e medidas precisas e fotos de pormenor, só um grunho é que não conseguirá fabricar um “pallón”.
Seguem-se mais textos tendo a “gaita” como protagonista, antes de se chegar à obrigatória secção de crítica de discos. Aqui encontramos nomes familiares, como Uxia, Carlos Nuñez, Milladoiro, Berrogüetto, Na Lua, Chieftains e Emilio Cao, lado a lado com outros que o são menos, Pallamallada, Sons do Muiño, Xistra de Coruxo… Recensões breves, com mais informação do que crítica propriamente dita. Ficamos à espera para ver como evoluirá esta secção (não esqueçamos que se trata de um número zero), por norma, das mais delicadas nas publicações do género. “Na Gaits”, ainda sem distribuidor nacional, tem pernas para andar. Não ouvem ao longe, trazidas pelo vento, as notas de uma “muiñeira”?…

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0