Anja Garbarek – “Smiling & Waving”

Y 2|FEVEREIRO|2001
escolhas|discos


ANJA GARBAREK
Smiling & Waving
Virgin, distri. EMI – VC
8|10



Depois de um promissor “Balloon Mood”, a filha do saxofonista de jazz Jan Garbarek apresenta-se em “Smiling & Waving” como a sucessora de Annette Peacock, na inteligência e na sensualidade do canto mas também nas ondulações swingantes. Mas enquanto a autora de “X-Dreams” se vem aproximando de uma depuração nas margens do silêncio, a norueguesa reveste-se de orquestrações eletrónicas próximas da pop ou do drum ‘n’ bass (“Big mouth”), ora com a textura de veludo de Goldfrapp, ora regando o jardim secreto de Stina Nordenstam. Com Mark Hollis (Talk Talk), Steve Jansen e Richard Barbieri (dois ex-Japan), “Smiling & Waving” descobre o outro lado do horizonte em “The diver”, dueto com Robert Wyatt que dá uma dimensão nova ao termo “nostalgia” – “com um pouco de melancolia escandinava”, diz ela.



Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.