Lars-Erik Norrström Trio – “Idag” + Nils Petter Molvær – “Solid Ether”

28 de Julho 2000
POP ROCK – DISCOS


Lars-Erik Norrström Trio
Idag (6/10)
LJ, distri. A Orelha de Van Gogh

Nils Petter Molvær
Solid Ether (6/10)
ECM, distri. Dargil

A “grande música negra” não tem propriamente grandes tradições na Suécia, mas… Faz-se o que se pode. “Idag”, do trio do teclista Lars-Erik Norrström, dá a conhecer uma música que deve tanto à inspiração de momento do solista como ao “interface” estabelecido entre os desempenhos acústicos e a paraphernalia eletrónica disponibilizada pelo estúdio. Norrström segue um esquema relativamente rígido que parte das deambulações solitárias do piano até estas se submeterem a tratamentos eletrónicos, sem que da operação resultem grandes dividendos. É música fria que, embora assente na improvisação, se inscreve numa lógica rigorosa na qual cada instante é minuciosamente pensado e executado. Na ECM, Nils Petter Molvær – que há dois anos atuou no CCB, em Lisboa – move-se em águas mais seguras, juntando uma discursividade (ainda) moldada no jazz para a partir dela se deixar transporter pelas mesmas programações eletrónicas que já se destacavam no seu trabalho anterior, cortejando um público mais jovem educado na cultura da música de dança. A house, o hip-hop e lampejos de drum’n’bass procuram dar a “Solid Ether” um acento de modernidade mas a pergunta fica a bailar no ar: fará sentido falar de inovação, a propósito de fusões deste tipo, quando um músico como Amon Tobin ou projetos como os Faultline se movimentam já numa galáxia infinitamente mais distante e complexa que a de Nils Petter Molvær?

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.