Camerata Meiga – “Habelas Hailas”

Sons

17 de Dezembro 1999
WORLD


Camerata Meiga
Habelas Hailas (7)
Resistencia, distri. Sons da Terra


cm

Na continuação dos Xeque Mate surgem os Camerata Meiga conjugando em “Habelas Hailas” vários elementos daquele agrupamento com uma série de convidados dos quais fazem parte os portugueses Amélia Muge (voz principal), António José Martins e José Manuel David, ambos em adufe. Pretendendo-se imune a quaisquer purismos étnicos, “Habelas Hailas” denota, como não podia deixar de ser, o aproveitamento de linguagens que vão da música de câmara a fusões vagamente jazzísticas e à utilização de instrumentos alheios à tradição galega como o saxofone, a marimba, percussões árabes e alaúde egípcio. A folk galega costuma dar-se mal com este tipo de “heresias”, não tanto pelo acto em si, mas pelas excessivas plastificação e cedências que têm resultado de experiências como as levadas a cabo pelos Fia na Roca, Na Lua (ao contrário dos recentes e interessantes desenvolvimentos a solo da sua ex-vocalista Uxia), Matto Congrio, Armeguin, Leixapren, Brath ou, mais recentemente, Cristina Pato. Os Camerata Meiga precaveram-se, até certo ponto (há faixas de encher-chouriços, apesar de bem tocadas, como “Marcha do pelegrin”…) destes erros do passado e se “Habelas Hailas” não consegue atingir nunca o brilhantismo com as suas incursões no rock ou nas sonoridades árabes e africanas (“Ai lá”, a fazer lembrar certos ambientes de “Galinhas do Mato” de José Afonso) também não faltarão à sua música motivos de interesse, a começar pelas vocalizações de Amélia Muge, em “A tentação” (em português, com música sua e letra de Hélia Correia), “Bailai ben” (com personalidade absolutamente galega…), “Da folliña dunha rosa”, com os seus arranjos sinfónico-sintéticos, e “Adiós meu meniño”, onde assina uma das melhores interpretações no disco.



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.