Trance Mission – “Head Light”

Pop Rock

12 Fevereiro 1997
poprock

Trance Mission
Head Light
INTUITION, DISTRI. STRAUSS


tm

No mesmo território anexado aos Lights in a Fat City, O Yuki Conjugate, Steve Roach, Mo Boma ou Jon Hassell, a música de transe dos Trance Mission distingue-se pela vasta gama de instrumentos que utiliza, não se confinando aos habituais “clichés” que, com indesejável frequência, dão má fama ao género. O didgeridu de Stephen Kent (também elemento dos Lights in a Fat City e Beasts of Paradise, e cada vez mais figura de proa do movimento) ocupa, obviamente, o centro do palco sonoro. Ao seu lado estão as percussões, “samples” e vários artefactos exóticos de outro músico importante, Kenneth Newby, autor, a solo, de uma obra tão fascinante como fora dos parâmetros mais vulgares da música electrónica, “Ecology of Souls”. “Head Light” acata ainda o fraseado jazzístico dos sopros de Beth Custer, suavizando a componente “etno techno” (por uma vez, não “etno seca”…) do álbum. Há nos Trance Mission uma abertura solar pronunciada e uma amplitude de ambientes que contrastam com a sensualidade dos ritmos. Não é música de dança, mas música que dança. Missão cumprida. (8)



Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.