Mick Ronson – “Heaven and Hull”

Pop Rock

18 de Maio de 1994
ÁLBUNS POPROCK

Mick Ronson
Heaven and Hull

Epic, distri. Sony Music


mr

Possuidor de um estilo inconfundível na guitarra, com uma sonoridade cheia e abrasiva, Mick Ronson passou grande parte da sua carreira como “axeman” de David Bowie, nos álbuns “The Man who Sold the World”, “Hunky Dory”, “The Ziggy Stardust and the Spiders from Mars” e “Alladin Sane”. Antes disso, tocara com Dylan e fizera duo com o vocalista Ian Hunter, após a dissolução dos Mott the Hoople, uma banda de “rhythm ‘n’ blues” progressivo dos anos 70, de que aquele músico fazia parte. Mick Ronson morreu no ano passado, podendo considerar-se “Heaven and Hull” como o seu testemunho póstumo e, ao mesmo tempo, uma homenagem da parte dos músicos, alguns deles famosos, que participam no álbum: Bowie, em “Like a rolling stone”, de Dylan, e “All the Young Dudes”, tema que celebrizou os Mott the Hoople pela mão do “thin white duke” – aqui numa versão ao vivo retirada do concerto de tributo a Freddy Mercury, em que participam, além de Bowie, Ian Hunter, Joe Elliott, dos Def Leppard, e os Queen Chrissie Hynde e John Mellencamp. Energia de alta voltagem num disco de puro “rock ‘n’ roll”. Com uma excepção, “Maria”, um solo de guitarra acústica onde Mick Ronson mostra que, de certeza, deve ter ouvido guitarras portuguesas a tocarem fado. (6)



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.