Enya – “Shepherds Moon”

Pop Rock

 

20 NOVEMBRO 1991

 

ENYA

Shepherds Moon

LP/MC/CD, WEA, distri. Warner port.

enya

Como é bom viver num mundo assim! O mundo de Enya é um mundo de fadas (ela própria deve ter asinhas) oculto entre as brumas de Avalon. Enya canta com voz de anjo, coros celestiais, arco-íris de bons sentimentos, algodão-doce para saborear nos momentos agradáveis da vida. O dia é cinzento, Enya é azul e dourado. “Shepherds Moon” não é muito diferente de “Watermark”, o seu antecessor: melodias etéreas, a mesma linguagem inspirada na mitologia celta, onde não falta sequer desta vez um título como “Lothlorien” e, em “Smaointe”, cantado em gaélico, um solo de gaita-de-foles de Lyam O’Flynn, dos Planxty.

Faz pena ver uma voz como a de Enya, plena de potencialidades para o canto tradicional, perder-se entre tanta futilidade. “Shepherds Moon” é um disco bonitinho, não conseguindo nunca ultrapassar a beleza de superfície, desinteressado das raízes profundas que, afinal, lhe servem de inspiração. Enya, como a fada Sininho, sobrevoa a “Terra do Nunca”, sem mácula de dor nem de pecado. É bom viver num mundo assim! (5)



Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.