To Rococo Rot – “The Amateur View”

02.04.1999

To Rococo Rot
The Amateur View (8)
City Slang, distri. Música Alternativa

LINK

Quarto álbum do trio constituído por Stefan Schneider e pelos irmãos Robert e Ronald Lippok, “The Amateur View” é o álbum em que os To Rococo Rot se aproximam do que poderá ser catalogado como o “mainstream” da electrónica pós-rock. Significa isto que se perdeu a veia mais experimentalista do grupo, presente em “CD”, disco de estreia do grupo, e em “Veiculo” (existe um terceiro álbum do grupo sem distribuição em Portugal) e que os sintetizadores se adaptam agora a linguagens e signos mais convencionais, embora permaneçam o fascínio do e pelo som. “Prado” acentua o lado mais minimalista e linear da música do grupo, “A little asphalt here and there” soa como uma máquina de flippers encravada e em “This sandy piece” é como se o lastro de um velho camião que rodou sobre o alcatrão, já esburacado, que os Kraftwerk atravessaram em “Autobahn”, se fixasse nas imagens kirlianas dos Cabaret Voltaire de “Mix Up”. Em “tomorrow” percebe-se a influência dos australianos Severed Heads. Ruídos naturais antecedem um segmento de jazz aprisionado num “loop” dos Pôle, em “Green”, e “Cars” entra no universo dos Faust, pela porta de “Giggy smile”, um tema de “Faust IV”, para criar uma melodia irresistível de pop electrónica, naquele que é o melhor tema de “The Amateur View”. Os Pyrolator gazem valer a sua lei de pioneiros do electroswing, em “She loves animals”. “The Amateur View” é o disco dos To Rococo Rot que menos arrisca até à data. Mas também o mais apetitoso.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.