Ganger – “Fore”

11.07.1997

Ganger
Fore (7)
Domino, import. Música Alternativa

LINK

Na grande corrida do pós-rock, os Ganger utilizaram para a capa uma espécie de ampliação do ciclista que ilustra “Tour de France”, dos Kraftwerk. Compilação de temas contidos em três EP anteriormente editados por esta banda escocesa “Half Nelson”, “The Cat’s in the Bag… The Bag’s in the River” e “Series 500”, aos quais se juntou o original que dá o título ao álbum, “fore” é música atlética, instrumental, simétrica, uma sequência de “riffs” de heometria rigorosa onde a disciplina substitui a surpresa.
Guitarras de basalto colidem e aceleram ao lado de uma bateria metronómica, em corridas minimais sublimadas por sopros “punk” e electrónica pneumática, num aglomerado de influências, bem destiladas, dos Neu!, Guru Guru, Faust (compare-se a batida de “Missile that back-fired” com a de “It’s a rainy day, sunshine girl”, do álbum “So Far”), Tony Conrad, James Black, Swans e os primeiros Tuxedomoon (de “Half-Mute”). Nada de novo na galáxia do pós-rock, embora “Fore” seja, sem dúvida, uma das suas alíneas com uma dose de poder capaz de provocar razoáveis descargas de adrenalina. A ouvir e arrumar ao lado de “Ceefax”, dos Fridge, o álbum branco e mais “Neuiano” do pós-rock, entretanto já esgotado nas lojas VC.

Share and Enjoy !

0Shares
0 0 0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.