Vários – Sonig

03.03.2000
Vários
Sonig (8/10)
A-musik, distri. Matéria Prima


sonig

A a-musik é, provavelmente, a melhor editora de música electrónica da actualidade. Com sede na Alemanha, a ela se deve a edição de alguns álbuns absolutamente indispensáveis numa boa colecção do género, de artistas como Schlammpeitziger, FX Randomiz, L@N, Terre Thaemlitz e Holosud. Na colectânea “Sonig”, composta na totalidade por temas inéditos, encontram-se bons exemplos justificativos de uma investigação mais ampla dos seus arquivos. Três dos nomes mais conhecidos do panorama da música electrónica actual, FX Randomiz, Microstoria e Mouse on Mars, abrem com temas exemplares. Os primeiros lançam uma verdadeira bomba atómica com “Metix v. 1.0b7”, a provar que um computador pode ser tão devastador como uma central nuclear descontrolada. Os Microstoria envolvem-nos em “Glocky bit ext” numa electrónica pastosa, de miasmas e circuitos infectados, enquanto os Mouse on Mars enveredam pelo seu lado mais obscuro e menos dançável em “Syc.”. A partir daqui sucedem-se as sonoridades mais estranhas e experiências intricadas dos Scratch Pet Land (derivações aleatórias reminiscentes do “loucura da máquina” de um dos movimentos de “White Noise 2”, de David Vorhaus), Fache Musik (microdanças e retalhos tímbricos sobre material “avariado”), Lithops (electropop e passada de rinoceronte), C-Schulz & Hajsch (piano clássico-minimalista, entre Charles W, Vrtacek e Roger Miller, a sacudir frequências parasitárias) e Wang Inc. (perdido entre o tráfego automóvel). Um álbum de mapas de regiões desconhecidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.