Imagens de cabeçalho aleatórias... Recarregue a sua página para ver mais!

Excelente livro


capa

clique na imagem para para saber mais sobre o autor e
aqui para saber mais sobre o livro

Excelente livro de Paulo Rangel, onde o autor disserta sobre o papel da justiça no país no contexto da nova sociedade globalizada, teoriza sobre o estertor do Estado como o conhecemos, sobre a nova poliarquia que caracteriza as sociedades modernas e a necessidade de uma Constituição Europeia. O livro termina com o famoso discurso na Assembleia da República, em 25 de Abril de 2007, do qual não resisto a respigar um ou dois parágrafos:
[…]
“Uma democracia que não deixe liberdade de escolha, de «autodeterminação» e de «autogoverno» às «gerações seguintes» ou – como agora se diz – às «gerações futuras» não é, não será nunca, uma verdadeira democracia.”
[…]
“A conjugação de uma grave situação económica com um discurso oficial de pensamento único, de auto-elogio maniqueísta e de optimismo compulsivo, produz uma atmosfera propícia ao medo e ao receio do exercício da liberdade crítica e da assunção pública da divergência”
[…]
“nunca como hoje, em décadas de democracia, se sentiu este ambiente de condicionamento da liberdade. Do ponto de vista dos valores «processuais» da liberdade de opinião e da liberdade de expressão, vivemos, aqui e agora – ai de nós! – num tempo de verdadeira claustrofobia constitucional, de verdadeira claustrofobia democrática.”
Foi há 2 anos. Certeiro!

Posts Relacionados:

0 comentários

Ainda não há comentários...

Mande uns "bitaites" preenchendo o formulário abaixo.

Deixe-nos um comentário