Imagens de cabeçalho aleatórias... Recarregue a sua página para ver mais!

Circuito Eléctrico Simples: Fluxo de electrões / Corrente eléctrica – Animação

Circuito Eléctrico: animação simplificada do movimento dos electrões (sentido oposto ao convencionado para a corrente) num circuito eléctrico simples com uma bateria, um interruptor e uma lâmpada.

Corrente Eléctrica é o fluxo de cargas.

Covencionalmente é o fluxo de cargas positivas. Contudo, num circuito simples como o ilustrado na animação, a corrente através do fio condutor é, na realidade, composta por electrões que fluem do pólo negativo da bateria (o cátodo, na parte de baixo da bateria) e vai até ao pólo positivo (o ânodo, na parte de cima da bateria). O esquema acima mostra o mesmo circuito da animação mas numa forma esquemática standardizada (isto é, um esquema eléctrico). As duas linhas paralelas de comprimentos diferentes marcadas na bateria representam uma célula única, ou seja, uma pilha normal de 1,5 V. Tecnicamente, uma bateria é uma série de células agrupadas para poderem fornecer uma tensão eléctrica mais elevada, por exemplo uma bateria de carro. A bateria na animação é uma célula única, isto é, uma pilha.

O fluxo de electrões tem o sentido oposto ao convencionado para o sentido da corrente eléctrica. A bateria fornece a força-electromotriz (ou f.e.m.) que “empurra” os electrões através dos fios condutores do circuito. A força-electromotriz é medida em volts. De certa forma é similar à energia potencial armazenada num qualquer objecto no cimo de uma montanha. O objecto pode rolar pela montanha abaixo e perder a sua energia potencial e, de forma análoga, os electrões fluem através da queda de tensão (ou diferença de potencial) à medida que atravessam o circuito.

Notas: Quando o interruptor é ligado (cerca de um segundo na animação), o circuito é fechado e a corrente começa a fluir. Isso faz com que a lâmpada acenda. Nesta animação, é o fluxo de electrões que é ilustrado. Como esta animação foi feita para o ajudar a visualizar o verdadeiro processo, pensámos ser melhor visualizar o sentido real do movimento das cargas. Estes electrões pertencem à banda de condução do metal. A banda de condução é o nível de energia no qual os electrões mais exteriores dos átomos do metal (condutor) não estão muito fixados a um átomo específico mas encontram-se livres para se mover ao longo do material metálico. Quando o circuito é fechado, fechando-se o interruptor, a bateria força os electrões a fluir pelos fios condutores, criando assim a corrente eléctrica.

Unidades no Sistema Internacional mais usadas em electricidade:
Volts (V): unidade da diferença de potencial, f.e.m, ou tensão eléctrica
Ohm (Ω): unidade de resistência eléctrica
Amperes (A): unidade de corrente eléctrica
Coulombs ( C ): Unidade de carga eléctrica (= carga deslocada quando um ampere de corrente flui por segundo)
Watts (W): unidade de potência eléctrica (energia eléctrica por unidade de tempo). Em circuitos eléctricos, um watt é produzido quando uma corrente de um ampere flui debaixo de uma diferença de potencial de 1 volt.
Joule (J): unidade de energia

Estas unidades estão relacionadas umas com as outras por fórmulas simples.
Por exemplo, se a diferença de potencial é 1 volt e a resistência é 1 ohm, então a corrente que flui será de 1 ampere. Um watt é um joule por segundo. Um ampere é um coulomb por segundo. Sendo tudo o resto igual, se duplicarmos o valor da tensão eléctrica, o valor da corrente eléctrica também duplicará. Se passar a diferença de potencial para metade a corrente também passará para metade. Se duplicarmos a resistência a corrente passará para metade. Se passar a resistência para metade, a corrente duplicará o seu valor. Etc.

Posts Relacionados:

1 comentário

1 CAMILLA ALFREO { 05.25.10 at 2:25 }

muito bomexatamante oq euestava procurando!

Deixe-nos um comentário