Imagens de cabeçalho aleatórias... Recarregue a sua página para ver mais!

AVAC / HVAC – Ar condicionado: Princípio de Funcionamento

Ar Condicionado

Razões para a sua Utilização

– Proporcionar ao Homem um ambiente mais confortável
– Proporcionar ao Homem um ambiente mais saudável, uma vez que o ar condicionado pode ser, em recintos fechados, uma arma contra a poluição dos centros urbanos e uma boa defesa contra as infecções bacterianas.
– Servir de ajuda complementar no apoio à recuperação de muitas doenças
– Proporcionar, nos locais de trabalho, nomeadamente nas indústrias e serviços, um ambiente propício à maior produtividade, devido ao maior conforto que disponibiliza aos trabalhadores

O que é

É um conjunto de tratamentos que se vai dar ao ar ambiente, de forma a transformá-lo num ar com certas condições de humidade e temperatura, por nós desejadas.
Esses tratamentos são muito diferentes conforme os locais de destino do ar depois de tratado (armazém frigorífico de produtos alimentares, escritório, centro comercial, habitação, etc.), o que origina a existência de uma imensa quantidade de sistemas de aparelhos de ar condicionado, que se podem distinguir pelo tamanho, potência, modo de construção, dispositivos de controlo, etc.
Há, todavia, uma coisa que não varia: o princípio de funcionamento.

Base de Funcionamento

No Homem, os alimentos ingeridos são transformados, através de reacções químicas, em energia mecânica e térmica.
Essa energia térmica (calor) produzida no nosso corpo, depende de vários factores ambientais, designadamente a temperatura, a humidade e a ventilação.
Assim, basta pensarmos num dia quente e húmido. Estas características dificultam a troca de calor entre o corpo humano e o meio ambiente, pois se a temperatura do corpo é aproximada à temperatura ambiente, essa troca é dificultada, o que pode ainda ser agravado pela existência de elevado teor de humidade no ambiente, que dificulta a evaporação do suor.
Tudo isto conduz a um estado de opressão desconfortável para o corpo humano.
Assim, um bom sistema de ar condicionado deve não só regular a temperatura ambiente mas também o nível de vapor de água (humidade) existente no ambiente.
A ventilação é outro factor que o sistema também deve prover, pois está provado que, actuando em conjunto com os dois anteriores, proporciona um maior bem-estar.

Composição e Funcionamento de um Sistema de Ar Condicionado

– O ar entra numa secção onde se mistura com o ar reciclado do próprio ambiente, para refrescamento
– Esta mistura passa por um filtro que tem, em geral, duas etapas:
– Uma em que é retirada a poeira mais grossa. Esse filtro é composto por lã de vidro, na forma de tela, e que é substituído quando sujo;
– A seguir um filtro do tipo electrostático, que remove as partículas de poeira mais finas, como as de fumo de tabaco, por exemplo.
Esse filtro é alimentado por uma tensão alta que cria um campo electrostático à sua volta e que vai atrair as partículas finas de poeira para uma grelha carregada com polaridade contrária.
– Seguidamente o ar passa por um conjunto de tubos onde a sua temperatura é controlada de acordo com os nossos desejos. Por um dos tubos circula água quente ou vapor de água e por outro, água gelada ou um líquido refrigerante.
– Na área que deve ser ventilada existe um sensor de temperatura, que nós ajustamos ao valor que pretendemos.
– A diferença de temperatura entre o valor por nós escolhido e a temperatura do ar ambiente, vai determinar qual dos tubos entra em acção. É óbvio que se a temperatura do ambiente for menor do que a que desejamos, é o tubo que contém a água quente que entra em acção.
– A etapa a seguir é o filtro de odor, feito de carvão activo, que é uma substância que consegue absorver as partículas de odor que circulam no ar. Periodicamente este carvão que constitui este filtro tem de ser aquecido, para expulsar a matéria que anteriormente absorveu.
– a humidade desejada é obtida por meio da injecção, no ar, de partículas de vapor, por um dispositivo que se chama… adivinharam: vaporizador. Da mesma maneira que explicado anteriormente para a temperatura, este sistema da humidade também é controlado por um sensor que monitoriza a humidade circundante e que, em conjunto com o valor que marcamos num selector, vai operar o vaporizador a nosso contento.
As unidades para um ambiente pequeno contêm um simples filtro lavável, um compressor de refrigeração e um aquecedor eléctrico de ar. Nos ambientes maiores, usam-se unidades mais potentes e, frequentemente, a secção de refrigeração (compressor e condensador) é colocada fora do edifício.

Posts Relacionados:

2 comentários

1 fatumata balde { 02.13.14 at 16:16 }

Boa tarde!
Sou aluna na escola profissional de Agricultura de Carvalhais. Estou a realizar um estudo/projeto acerca de climatização/Projeto de sistema AVAC para queijaria da escola, Encontrei a vossa página na Internet e vi que tem muita experiência nesta área, gostaria que me ajudassem com mais informações/documentos vossas ou de outros fornecedores acerca deste assunto. Agradeço a vossa ajuda. Gostaria também de saber, caso me ajudem, se posso colocar o vosso nome como colaboradores no meu projeto.
Obrigada

2 António Duarte { 10.27.14 at 19:39 }

Boa tarde!
Sou aluno do ISEP. Estou a realizar um projeto sobre ventilação de um parque de estacionamento de um hotel . Gostaria de contar com a vossa experiência nesta área para me ajudarem com mais informações/documentos vossas ou de outros fornecedores acerca deste assunto. Agradeço a vossa ajuda. Gostaria também de saber, caso me ajudem, se posso colocar o vosso nome como colaboradores no meu projeto.
Obrigada

Deixe-nos um comentário